terça-feira, 29 de setembro de 2009

Onde cabe tanto amor?

Quando eu estava grávida eu não ficava muito a vontade para conversar com a Nathalia na barriga, as vezes quando ia tomar banho eu cantava pra ela, quando ia dormir eu dava boa noite e bom dia quando acordava de manhã, mas nunca fui de ficar horas conversando, as vezes ficava com remorso porque muitas mães diziam que conversavam e eu pensava que ela não iria gostar de mim, não ia me reconhecer (pura bobagem).
Um dia comentei com uma amiga que amava a Nathalia mas não sentia akele amor que todas as mães diziam sentir, eu amava mais o Rogério do que a Nathalia que estava na barriga, daeh minha amiga me tranquilizou e disse que quando ela nascesse eu saberia o que era amor de verdade.
Dito e feito!
Quando escutei o chorinho dela, quando olhei nos olhinhos dela, quando a segurei nos meus braços pela primeira vez foi uma explosão de amor, algo que nunca havia sentido na minha vida, algo maior que qualquer amor na face da terra, uma amor sem limites, sem barreiras, sem falsidade, sem exigir nada em troca, o amor mais puro que podemos ter no coração e o mais engraçado é que esse amor fica maior a cada dia, será que é possível?
Por ela eu sou uma pessoa muito melhor, muito mais humana e mais forte também, por ela eu mato e morro.
Ela é a única pessoa nesse mundo que eu nunca deixaria de amar, não importa a suas atitudes, não importa nada, eu simplesmente amo, por amar, simples assim.
Agora posso entender o amor tão grande que Jesus tem por nós, agora sei porque Ele se deu por nós na cruz, porque somos seus filhos amados e apesar das nossas falhas Ele nos ama acima de qualquer coisa.

Obrigada Senhor por ter o privilégio de sentir esse amor tão grande, obrigada pelo privilégio de ser a mãe da Nathalia!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Caras e bocas

A Nathalia adora imitar os filmes, brinca que é a Barbie e eu a amiga da Barbie, gosta de imitar a trigresa do filme Kung fu Panda e eu sou mestre Shifu, ela é Barney e eu sou Bj, ela é Pablo e eu sou Tayrone e por aeh vai, daeh tem uma cena do filme Madagasgar II que ela adora e tenho que voltar toda hora, é a parte que o Alex bebêzinho brinca de fazer caras e bocas e no final do filme o seu pai faz também, veja o video, ficou meio escuro porque era noite e a luz do quarto não ajudou, mas achei que ficou engraçado.

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Bagunceira??? Quem falou???

Cadê as roupas dobradinhas e passadinhas que estavam aqui nessa gaveta?????



Foram parar todas aqui dentro:



A Nathalia tá com essa mania agora, fica brincando de creche e pega todas as roupas da gaveta e coloca nas mochilas pra dizer que são as roupas das crianças (ursos e bonecas), daeh ela brinca de ser tia da creche e faz de conta que está trocando todos eles, penteia o cabelo e precisam de ver o carinho dela enquanto conversa com eles, fico feliz pois sei que ela está imitando as educadoras Luana e Rose que cuida dela lá na CMEI Tia Didi.

Mas voltando a falar da bagunça, gente do céu e não adianta querer tirar das mochilas que ela fica louca de brava, rs, agora resolvi o problema da seguinte forma, eu tirei algumas roupas que não servem mais e dei essas pra ela brincar, porque não aguentava mais arrumar as 350 mochilas todas as noites depois que ela dormia e no outro dia era tudo de novo.
Ela adora brincar de creche e de escolar e fica horas brincando disso, esses dias fui chamar ela pra tomar banho e ela me respondeu bem assim: - Mas mãe primeiro tenho que trocar o João Victor (amiguinho da creche) e esperar a mãe da Érica (amiguinha da creche) buscar ela, depois eu vou tá bom!
Outro dia cheguei e estavam todos colocados em fileira e ela com um livrinho contando história, e de repente parava e falava assim: - Silêncio todo mundo! A tia tá contando história!
As vezes coloca todos em volta da mesinha e diz que tão fazendo atividades.
É tanta imaginação que fico boba de ver, acho muito engraçadinho, esses dias ela tava "trocando" um ursinho e disse assim pra mim: Penteia o cabelo dele que eu vou ver porque o Kauãzinho tá chorando. Daeh foi lá e pegou o ursinho no colo e disse assim: - Não chora, vem aki no colo da Tia! Depois pegou a Bia (boneca) e disse assim, vem Bia, vc vai ficar no cantinho porque mordeu o Kauãzinho! uahuahuahauahauahuahau eu me seguro pra não rir, mas é cada uma mais engraçada que a outra.
Ela é bem bagunceira, mas ainda bem que tem o próprio quartinho pra ela brincar, assim a bagunça fica toda lá e eu tenho menos trabalho, rs
Lá ela pinta as paredes com guache, giz de cera, caneta, cola adesivos, faz o que quer e eu não sei se terei coragem de um dia pintar a parede e apagar tantos anos de imaginação, criatividade e sapequice da minha menina que está crescendo tão rápido e logo deixará seu quartinho de brincar para passear com as amigas no shopping!!! Afff
QUE O TEMPO NÃO SE APRESSE!!!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Coisas de Nathalia



Nosso fim de semana foi bem gostoso, nada de diferente, mas final de semana é sempre dias em que podemos desfrutar da companhia dos nossos filhos e do maridão o dia todo e eu procuro curtir muuuuuito esses momentos.
No sábado levei a princesa pra tomar gotinha e como estava chovendo ficamos o resto do dia em casa, pintando, recortando revista, fazendo colagens, brincando de tudo um pouco e comendo né, rs.
Domingo amanheceu com sol e quando a Nathalia acordou e viu sol já gritou: - Mãe, o verão chegou!!! Vamos montar a piscina, quero colocar legging, chupar sorteve!!!
Genti!!! O sol tá sendo coisa rara por aki, mas não imaginava que a Nathalia sentisse tanta falta do verão, rs.
Tivemos um dia de sol bem agradável, sem piscina é claro, porque não era pra tanto, mas almoçamos fora e tomamos sorvete (que ela tanto queria).

Agora vou falar um pouco da Nathalia, as birras diminuíram e ela está bem obediente, lógico
que tem dias que ela está impossível, mas nós bem sabemos que até nós adultos temos dias que não estamos de bom humor né, então eu dou um desconto.
Ela tá super amorosa, me chama de linda, quando eu me arrumo pra sair ela não para de me elogiar, rs.
Não pode ver flor que vai logo arrancando pra me dar, por conta disso já me deixou em maus lençóis quando arrancou flor do canteiro que a minha vó morre de ciúmes, rs.
Essa fase é muito divertida por conta das coisas que falam e aprendem, domingo ela estava fazendo xixi e eu junto com ela, daeh meu marido entrou no banheiro e ela soltou essa: - Pai, os piás não pode ver as meninas fazendo xixi, pode sair por favor!!! uahuahauahauhauahauahauh, e ainda falou isso com a maior cara de brava, rs.
Ela tem uma mania de falar assim: - Mãe vc viu o peixinho "aquela onti"? Ela usa "aquela onti" pra definir um tempo que passou, significa aquela hora ou aquele dia, já expliquei o certo, mas ela insiste em falar "aquela onti", rs.
Se eu brigo com ela, depois ela vem puxando o saco pra ver se estou brava, se vê que não tô mais brava ela diz: - Mãe, agora vc tá feliz???? rs
Sábado ela estava pulando no pula-pula (dakeles de fazer ginástica) e começou a falar todo o abecedário, claro invertendo uma ou outra letra, mas falou certinho, uma graça.
Ela brinca horas sozinha no quartinho de brincar, brinca de creche, de casinha, de escolar, e quando vou brincar com ela nunca consigo acompanhar tanta criatividade e imaginação, daeh prefiro brincar de outras coisas tipo andar de bicicleta, jogar bola, pintar com guache, etc, e deixar ela no mundinho dela quando está brincando sozinha.
Ela tá enorme (1,03) e com 16 Kg, come super bem e de tudo, adora frutas (eu detesto), mas continua mamando mucilon cereais de manhã e a noite pra dormir, e apesar de muitas mães serem contra ela ainda chupa chupeta, não é algo que me incomoda pois só chupa para dormir então por enquanto não tenho a intenção de tirar.
Já está ficando comportada na igreja, antes eu mal chegava e já tinha que ir com ela pra salinha das crianças e ficava lá o culto todo, pois ela não ficava sozinha, ela continua não ficando na salinha, mas agora fica quietinha no culto, canta, bate palma, ora, mas vai fazer xixi umas 03 vezes no tempo de 01:30 (duração do culto).
Acho que já falei demais por hoje né, rs. Vou parando por aki porque quando começo a falar da Nathalia me empolgo e não paro mais, vou anotar mais algumas frases e depois coloco aki pra registar.
Boa semana pra todas!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Ela e Ele

A relação que a Nathalia tem com o papai, é linda, de muito amor, carinho e muuuuuuuuita amizade.
Quando engravidei tinha medo de que o Rogério não fosse um pai amoroso, ele nunca foi muito chegado em crianças. Nós temos 03 sobrinhos (da parte dele), sendo que a mais velha de 09 anos é nossa afilhada e ele até brincava, pegava no colo, mas não era akele amor todo.
Mas ele me surpreendeu demais como pai!
Quando dei a noticia da gravidez, a alegria dele se transformou em lágrima e meu medo de que ele não fosse um bom pai se desfez.
Durante a gravidez ele se mostrou super atencioso, mas não paparicador, não ficava me mimando muito porque não é do perfil dele, mas sempre foi super preocupado e carinhoso, e estava super ansioso com a chegava da nossa princesa.
E quando ela chegou, a nossa vida, a nossa casa, o nosso coração se encheu de mais alegria, e eu pude ter a certeza do pai maravilhoso que ele seria.
Sempre me ajudou com ela, na hora do banho, nos momentos do choro de cólicas, nas consultas com a pediatra e quando chegou o momento da minha volta ao trabalho foi quem me ajudou a superar akele momento tão doloroso pra mim.
Desde o nascimento a Nathalia sempre teve uma afinidade enorme com o papai, até hoje é um chamego só, adora tomar banho com ele, a brincadeira com ele é sempre mais animada e ainda pra acabar as vezes ela chama ele de amor.
Ele mima, paparica (agora é do perfil dele, rs), beija, abraça, morde, aperta, brinca, mas também chama a atenção e põe no cantinho, depois morre de remorso assim como eu, mas nunca deu um tapa sequer, é mais controlado, rs.

E eu olho os dois, tão parecidos em tudo e morro de amor!

Meu dois amores, vocês são tudo pra mim!!!

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Comparações!!!

Já notaram que depois que somos mamães vivemos no meio de eternas comparações???
Estamos sempre comparando nossos filhos com outras crianças e estamos também sempre ouvindo comparações de outras pessoas.
Fiz o blog da Nathalia quando ela tinha 02 anos e 04 meses, então já tinha passado quase todas as fases de mais comparações, tipo engatinhar, falar, andar, nascer dentinhos, etc. Peguei somente a fase da retirada das fraldas, aprender a andar de bicicleta e falar direitinho e tal, mas imagino que mamães que tem blog desde a gravidez estão sempre no meio de comparações, assim como fora dos blog.
Aqui no meu trabalho ficamos grávidas em 03, então nossos filhos tem a mesma idade, e sempre comentamos sobre seus desenvolvimento, rimos de coisas parecidas que vivemos, mas as comparações são sempre inevitáveis.
Não sei até que ponto isso é bom, porque se o filho da outra faz algo antes do nosso as vezes nos sentimos meio frustradas, vcs também já se sentiram assim, acho que é unânime, mesmo quando não comentamos, escondemos esse sentimento, mas na verdade acho que todas as mamães já passaram por isso.
E na verdade achamos nossos filhos os mais espertos, quando na verdade todas as outras crianças também estão fazendo as mesmas coisas que as nossas, mas só convivemos com as nossas por isso achamos elas demais, minha mãe vive dizendo: - Nossa! Mas a Nathalia é tão inteligente pra idade dela!!! uahuahauahauhauahauahuah mas digo pra ela que ela é tão inteligente quanto as outras crianças, mas é que só convivemos com ela, rs.
Quando a Nathalia andou com 09 meses e meio eu achei isso o máximo, é claro que achei ela super esperta, rs, mas em compensação os dentinhos dela só nasceram com 01 ano, enquanto as filhas das minhas amigas exibiam um sorriso cheio de dente a minha ainda era banguela, e por ai seguem as comparações, quando ia no pediatra lá vinham as comparações sobre peso ou tamanho.
Esses dias uma amiga do tempo do colégio que tem a filha 04 meses mais velha que a Nathalia comentou comigo que a menina sabia escrever o nome dela e perguntou se a Nathalia já sabia escrever o nome dela, eu respondi que ela reconhecia o próprio nome escrito mas que ainda não sabia escrever o nome, pois ela só gostava de rabiscar e não se interessava muito quando eu queria ensinar, daeh essa minha amiga, disse toda cheia que a filha dela já escrevia o nome e tal, daeh lá no íntimo do meu ser eu pensei assim: - Também o nome dela é ANA, ficou fácil! uahuahauahuahauahauahuahauahauahuaha, credo gente, porque ficamos assim quando somos mães, queremos que nossos filhos sejam primeiros em tudo, os mais espertos em tudo e acho que acabamos nos frustando quando isso não ocorre, rs.
Tenho outra amiga que acha tudo quanto é criança feia, só a filha dela é bonita, rs.
E quem não acha o seu filho o mais esperto e inteligente do mundo e que nunca fez comparações até no pensamento que atire a primeira pedra, rs.
Resolvi postar sobre isso, porque ontem aconteceu uma coisa meio chata, eu tinha comprado fralda pro cocô da Nathalia e estava indo embora bem feliz com o pacotão na mão, eis que duas gurias do meu trabalho viram e uma comentou assim: - Nossa! Pra quem vc comprou fraldas? Quando eu disse que era pra Nathalia, ela já emendou: - Creeeeeeedo! Mas a sua filha não tem mais idade pra tá usando fralda, minha sobrinha já saiu faz tempo e tem a idade dela...
uuruhrurhurhurhur(isso significa raiva, rs) Nossa fiquei com raiva do comentário e respondi: - Vc não sabe do problema dela então não fale!!!!
Ai gente, eu sei que não deveria ter falado, mas não pude evitar, primeiro que esse assunto já me incomoda, porque as pessoas devem achar que é por falta de esperteza ou inteligência que ela ainda não consegue usar o vaso pra fazer cocô e depois que não gostei da comparação e principalmente do tom que ela usou pra fazer o comentário.
Mas é lógico que para nós eles serão sempre os melhores, os mais lindos, os mais espertos, inteligentes, fofos e outras 1001 qualidades.

Amigas, não importa se nossos filhos são os primeiros ou não o que importa é que são saudáveis e lindos! Bjs!

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Disciplina e Incentivo

Eu gosto muito do Programa Super Nanny, e acho legal os métodos adotados para disciplinar os pequenos birrentos.
Então resolvi adotar 02 métodos dela, o cantinho da disciplina e o quadro de incentivo.
O primeiro já faz tempo que adotei, desde que a fase das birras começaram e geralmente dá certo, ela vai pro cantinho sempre que chora sem motivo, faz alguma birra e também quando começou a querer mostrar a lingua (ela não mostra mais), ela entende perfeitamente que deve ficar ali até se acalmar o que geralmente ocorre antes dos 03 minutos previstos, daeh ela diz assim: - Mãe, já parei de chorar! Daeh eu digo: - Tá bom, então quando der os 03 minutos vc sai.
Daeh eu vou lá repito o porque ela ficou no cantinho e ela pede desculpa, dou um beijo, um abraço e deixo ela sair.
Lógico que as vezes a coisa fica demais da conta e até comentei em um dos post que durante as minhas férias ela levou umas palmadas, mas daeh foi por conta de birra na rua, que não tinha cantinho pra deixar na hora e perdi a paciência.
Gosto do cantinho porque ela se acalma quando vai pra lá.
O segundo eu adotei faz pouco tempo, acho que acostumei a Nathalia muito mal e sempre levava um presentinho, e quase todas as coisas que ela pedia eu comprava, mas daeh ela começou a ficar demais me pedindo até pra comprar um Tio Zé igual o da amiguinha dela (que tem um tio doente que se chama Zé), uahuahauahuahauahauah, foi pra acabá né!
Como nas minhas férias ela também ficou muuuuuito manhosa eu uni o útil ao agradável, e resolvi fazer um quadro de incentivo, dessa forma ela pensaria antes de fazer muita birra e com seu bom comportamento seria merecedora de escolher um presente e eu deixava de comprar um quase todo dia.
Procurei pra comprar um quadro de incentivo mas não achei, então comprei o material e minha irmã Rafa fez pra mim, ficou bem legal e tá dando certo, ela fica triste quando ganha "uma carinha triste" e está tentando se controlar para ganhar "carinhas felizes".
O quadro de incentivo funciona assim: Fizemos o quadro com uma escadinha e lá no topo um presente, fiz umas carinhas felizes e umas carinhas tristes, se a Nathalia obedece e faz o que peço ela ganha carinha feliz e se faz alguma birra, manha, chora sem motivo, desobedece, me responde, ela ganha carinha triste, no final do dia eu conto junto com ela todas as carinhas, se tiver mais carinha feliz a bonequinha do quadro (que é ela) sobe um degrau, se tiver mais carinha triste a bonequinha desce, se tiver o mesmo tanto de carinha a bonequinha fica no mesmo degrau, e quando a bonequinha chegar lá em cima no topo da escada ela ganha o presente que escolher, que será o Pablo dos Backyardigans (ela já escolheu).
Ela entendeu super bem, e já notei diferença, antes na hora do banho ela não queria entrar, queria brincar mais e depois não queria sair, ganhou uma carinha triste por causa disso, agora ela entra na boa e ainda diz assim: - Mãe eu não chorei, vou ganhar carinha feliz! uahuahauahuahauahauhaua, na hora de escovar os dentes também, antes ela queria escovar sozinha (nessa idade querem fazer tudo sozinhos, um stress) daeh eu deixava com a condição dela deixar eu escovar depois, mas quando chegava a minha vez ela chorava e não queria, daeh eu tinha que brigar até ela deixar, agora não, quando falo que é hora de escovar os dentes ela diz assim: Eu escovo e depois vc né mãe, daeh eu ganho carinha feliz, rs.
Ela já desceu os degraus por 04 vezes, mas nos últimos dias só tem subido porque tem se comportado mais e chorado menos.
Ela tá muito linda, esses dias ela disse assim pra mim: Mãe o Gabriel Kath (amiguinho da creche) bateu na Duda (também amiguinha da creche), daeh a Duda chorou, chorou, chorou, chorou (repetiu tudo isso de chorou), daeh eu abracei ela e disse assim: Não precisa chorar, já passa tá!
Ela é muito carinhosa, muito fofa, e tá super apegada comigo e com o papai, se ela vai na minha mãe sem a gente, é questão de meia hora e minha mãe já tem que trazer ela de volta, minha mãe insiste pra ela dormir na casa dela, mas nem pensar, ela não dorme fora de jeito nenhum.
Ela tá serelepe (nossa que termo antigo, rs) no último, vive com as canelas rochas de tanto se trombar nas coisas e cair, não para de pular um minuto e aprende a virar estrelinha, não, não é cambalhota, é estrelinha mesmo, falo pra ela não fazer porque tenho medo dela machucar as costas, mas vira e mexe tá ela virando estrelinha.
E eu amo, amo, amo, amo, amo, amo, amo, amo, amo, amo, amo, amo cada dia mais a minha pequena, a benção mais linda que Jesus já me deu.
Bjs a todas e bom feriado!!!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...