terça-feira, 25 de outubro de 2011

Decisão tomada!

Estamos chegando ao final de mais um ano, mas pra mim está sendo bem diferente, uma ansiedade tem me acompanhado, depois de 13 anos na empresa onde trabalho esse é meu último ano, vou trabalhar somente até final de Dezembro e a partir daeh minha vida terá um rumo novo.
Não sei como será ficar em casa depois de tanto tempo trabalhando fora, eu simplesmente amo ficar em casa com a Nathalia mas não sei como é ficar em casa dependendo do dinheiro do marido né, rs, que Deus me ajude a aguentar!!! rs
Pra falar a verdade eu me arrependo profundamente de não ter saído do trabalho quando a Nathalia nasceu, perdi muito da sua primeira infância, mas tinha medo e como consegui uma creche pública excelente e que era integral fiquei mais tranquila e apesar de toda a tristeza que me acompanhou naqueles dias eu consegui superar e voltar ao trabalho.
Agora a situação é outra, minha pequena está saíndo da creche, está indo para o primeiro ano na escola e não quero colocá-la numa escola integral, a vida toda ela acordou cedo e ficou o dia todo na creche, não quero mais isso pra ela não.
Não tenho uma pessoa para ficar a parte da manhã toda, dar almoço, levar e buscar da escola, por isso vou abrir mão do trabalho e vou eu mesma cuidar da minha pequena, e apesar do medo estou muuuito feliz com isso.
Algumas pessoas me dizem: Vc é louca! Largar um emprego de 13 anos pra ficar em casa cuidando de filho, logo eles crescem e não querem mais saber da gente! Vai ficar em casa dependendo de marido!
Eu até já pensei em tudo isso, mas a acho que preciso desse tempo e dessa dedicação total a Nathalia.
Uma amiga me disse que é muito ruim ficar em casa dependendo do marido mas que compensa pelo fato de estar com os filhos, ter mais tempo pra eles, tudo tem um preço e o preço de ficar com os filhos é a situação financeira que tem que ser mais contida.
Sinceramente!!! Eu prefiro pagar o preço de depender do marido, de gastar menos com roupas e brinquedos e ter mais tempo pra Nathalia, do que o preço que tenho pago a quase 05 anos de não curtir tanto o crescimento da Nathalia, de não poder acordar com ela, preprarar o café da manhã e ver um pouco de desenho com preguiça no sofá, de ter que chegar em casa depois do trabalho e ter que ficar fazendo tudo na correria para ter um pouquinho de tempo para brincar com ela e depois ir dormir morrendo de remorso por ter chamado a atenção dela e no outro dia ter de ficar longe o dia todo.
Acho que a licença maternidade deveria durar uns 10 anos, rs!
Pode até ser tarde para me dedicar a ela, pode até ser que um dia ela cresça e me de um pé na bunda (como diz o meu chefe contrariado com a minha saída), pode até ser que vou me estressar de não poder comprar tudo de bonito que meus olhos enxergarem, rs, mas quer saber??? Estar com ela é que importa, o bem estar dela é o que me interessa, ela é a prioridade na minha vida!
Marido apoia 100%, então:

VIDA DE MÃE INTEGRAL E AMÉLIA AQUI VOU EU!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...