quinta-feira, 21 de outubro de 2010

A Pediatra!

Desde que estava grávida da Nathalia eu pesquisava com amigas sobre os pediatra de seus filhos, queria um pediatra no qual eu pudesse confiar de olhos fechados, quando ela nasceu foi atendida pelo pediatra da Maternidade, muito atencioso e querido Dr. Luiz Carlos, tentei ligar no consultório dele pra continuar levando a Nathalia mas ele não atendia planos de saúde, só particular, sorte minha porque 02 meses depois ele faleceu (que Deus o tenha), fiquei sabendo pela minha amiga que era enfermeira na maternidade que tive a Nathalia.
Na primeira semana de vida da Nathalia levei numa pediatra indicada pela secretária do Dr. Luiz Carlos, logo de cara já não gostei dela, não foi muito atenciosa quando falei que achava que não tava tendo muito leite, ela disse que era coisa da minha cabeça e que toda mulher podia amamentar, consultou a Nathalia, mas tudo meio mecânico, não gostei dela.
Foi então que recebi a visita da minha amiga Adriana (hoje trabalhamos juntas com as crianças da igreja) e conversando com ela sobre a tal pediatra ela começou a me falar sobre a pediatra do filho dela, que era muito querida a atenciosa.
Marquei com a pediatra e a Adri foi comigo.
Gente foi afinidade, amizade, confiança e admiração a primeira vista, ela foi super querida com a Nathalia, conversou bastante comigo, principalmente sobre o pouco leite, eu estava super triste porque tinha ido dar a vacina BCG na Nathalia e ela não pode tomar porque ao invés de ganhar peso, desde que tinha saído da maternidade ela tinha perdido peso, pois realmente eu tinha pouco leite, fiquei arrasada e chorei muito, mas a Dra. Marlis conversou muito comigo e conversamos sobre o Nan e continuar com o peito, e foi assim até quando voltei a trabalhar, dava o Nan e o peito junto e depois que conversamos eu fiquei bem mais tranquila.
Ela não tem pressa na consulta, atende com calma, explica tudo direitinho, até a sopinha ela me me explicava direitinho como fazer e os legumes que prendiam e os que soltavam o intestino, rs.
Ela nunca deu 01 remédio que não fizesse efeito, sempre acertou em cheio e as vezes me dava dicas caseiras que também eram muito úteis, sempre ligava depois pra saber como estava a pequena e me atendia até nos finais de semana quando eu ligava por causa de alguma febre.
Quando a Nathalia tava com 01 aninho tive que leva-lá na emergência e a médica plantonista foi uma estúpida, a Nathalia chorou tanto que chegou a vomitar no consultório, a partir daeh a Nathalia chorava TODAS as vezes que ia no médico, mesmo com a Dra. Marlis, era um choreiro sem fim e eu ficava triste porque a Dra achava que o problema era com ela e mesmo paparicando um monte a Nathalia fazia o maior auê, quer dizer, ela chegava numa boa, dava beijo, abraço, conversava com a Dra mas quando sentava na maca para se examinada ela já começava a chorar, e a Dra atendia ela daquele jeito, depois de ser examinada, ela parava de chorar e parecia que nada tinha acontecido.
Graças a Deus hoje em dia a Nathalia parou de chorar e agora as consultas são super tranquilas, ela conversa, conta as coisas pra Dra, a mais amiga, rs.
Ontem levei ela na Dra pra uma consulta de rotina, tudo ótimo, altura acima da média, peso ótimo, menina saudável e muito elogiada por seu bom comportamento.
Quis postar sobre isso porque um dia a Nathalia vai ler né, e a Dra. Marlis faz parte das nossas vidas, ela é uma querida e eu confio plenamente nela.
Dra. Marlis obrigada por seus cuidados e carinhos com a minha Nathalia!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...