terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Correria Total!!!


Amigaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaas, me perdoem pelo sumiço, passei rapidinho só pra dar sinal de vida, dizer que está tudo bem, a Nathalia está bem, está sapeca, falante e muito engraçada, sábado ela machucou o pézinho mas conto isso no próximo post com mais tempo, mas agora está tudo bem.
Estou numa correria tão grande aki no trabalho que não encontro tempo nem pra fazer xixi, vcs acreditam???? Estou sem net em casa, por isso faz tempo que não posto e nem entro no msn, mas logo passa essa correria e volto a postar e contar as novidades.
Estou com saudades de todas e principalmente de estar diariamente nos blogs alheios, rs, não vejo a hora de voltar a bater ponto nos blogs e saber as novidades.
Genti fiquem com Jesus, desejo a todas um Natal lindo e que o ano de 2009 seja um ano repleto de benção derramadas diretamente das mãos do nosso Senhor. Que nós estejamos todas juntas o ano que vem compartilhando nossas alegrias e dúvidas de mãe. Amo todas vcs!!!!

BEIJÃO PARA TODAS AS AMIGAS BLOGUEIRAS!!!

Danny e Nathalia

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Primeiros passinhos... saudade!

Lendo o blog da Dani (http://amoreternodanieisa.blogspot.com/) e da Naty (http://natalia.eduardo.zip.net/), que postaram sobre os primeiros passinhos de suas princesas, comecei a me lembrar dos primeiros passinhos da Nathalia, a gente fica tão feliz quando eles vencem alguma dificuldade e são vitoriosos né, em todas as fases são assim, é uma ansiedade eterna, estamos sempre incentivando para que eles consigam fazer algo que nunca fizeram.
A Nathalia sempre foi muito elétrica e fez tudo muito cedo, engatinhou com 06 meses, era um sarro, ela começou a se arrastar, parecia que tava nadando no chão, depois com 07 meses e meio ela começou a engatinhar de quatro, com 08 meses andava se segurando na parede e com 09 meses e meio ela andou, quando cheguei em casa e ela tava andando foi um susto misturado com surpresa e alegria, meu toquinho, meu bebê que nem tinha dentinhos (eles nasceram aos 11 meses e meio) estava andando sozinha, e quando ela caia ela se levantava sozinha sem se apoiar em nada, fiquei muito orgulhosa dela, uma fofa.
Quando paro para me lembrar de todas as fases que ela já passou, me dá uma saudade, passou tão rápido e parece que nem aproveitei bem, fico me lembrando dakele sorriso banguela tão lindo, de quando ela disse mamãe pela primeira vez, de quando aprendeu a bater palminhas, de quando aprendeu a dar beijo, dizer não com o dedinho, ai que saudade de tudo.
Hoje ela está numa fase muito gostosa, mas já não é mais bebê (ela faz questão de falar que não é bebê, que é "quiança", rs), fala de tudo, faz algumas birras, mas é totalmente carinhosa e beijoqueira, retribui muito bem todo o amor que sempre demos a ela, é uma fofa.
Como sempre fiz muito videos e fotos dela, tenho videos desde quando ela engatinhava, estou postando um video de quando ela tinha 10 meses, fazia 02 semanas que ela tava andando, olha se não é a coisa mais engraçadinha desse mundo.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Primeira Bíblia!

Ontem demos a Nathalia a sua primeira Bíblia, ela amou, é a Bíblia da Bia (do Diante do Trono), ficou tão feliz com o presente que fiquei até emocionada, ela beijava, abraçava, folhava e ficava toda encantada que agora também tem Bíblia (igual a mamãe e o papai).
Não critico as mães que acham lindo as filhas que rebolam a bundinha, que dançam créu ou calipso, ou que falam algum palavrãozinho, mas eu particularmente acho lindo a Nathalia gostar de orar, cantar os hinos da igreja, fazer coreografia, falar aleluia, rs. Fico feliz porque é assim que ensinamos pra ela, somos evangélicos, e eu espero que a Nathalia também queira ser, é lógico que não vou obrigar, ela vai seguir o caminho que desejar, mas quero que ela sempre caminhe com Jesus não importa em qual igreja.

É dessa forma que desejo ensinar pra Nathalia:

A) Ensinar a Palavra - Dt 6.7 “Tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te”.” mais: Dt 6.20; 21.19

B) Treinar - Pv 22.6 “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.” Mais: Is 38.19; Lm 2.19

C) Prover - 2Co 12.14 “... Não devem os filhos entesourar para os pais, mas os pais, para os filhos.”

D) Criar - Ef 6.4 “E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor.” Mais: Cl 3.21

E) Controlar - 1Tm 3.4,12 “E que governe bem a própria casa, criando os filhos sob disciplina, com todo o respeito”


*Que o Senhor de a mim e ao Rogério sabedoria e graça para que cumpramos bem a tarefa de educar e cuidar do mais precioso presente que o Senhor nos deu.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Pesk-Pag

Esse fim de semana fomos num pesk-pag, foi super divertido, um lugar muito gostoso, a Nathalia amou!
Maridos ficaram pescando e a mulherada só atrás das crias, rs. Mas valeu a pena, foi super legal.
Tinha piscinas, pedalinho, parquinho, cavalo, vaca e até boi.
Genti a Nathalia ama animais, nunca vi igual, ela não tem medo de nada, tudo quanto é bicho ela quer abraçar, beijar, passar a mão, é super amorosa com qualquer bichinho, tenho que ficar cuidando porque é totalmente sem noção de perigo.
No final do dia ela tava tão cansada que acabou dormindo deitada num edredon que forrei no chão.
Vejam as fotos do fim de semana que foi m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o.

*Ah! Nesse exato momento ela está em seu primeiro passeio com a Creche, lógico que estou aki preocupadissima né, mas não poderia privar ela de ir por causa dos medos de deixar ela sair sem mim, mas sei que ela está bem cuidada não só pelas educadoras mas pelo maior protetor e guardador de nossas vidas, nosso amado Jesus!

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Minha mãe

Minha mãe é a mulher que mais admiro nesse mundão, ela sempre foi muito forte, batalhadora, trabalhadeira, mãe dedicada (um pouco brava, rs), ótima esposa, ótima dona de casa (só que tem mania de limpeza) e além de tudo isso agora ela é uma avó LINDA!
Acho que já comentei aki que sempre fomos muito amigas, mas depois que eu casei passei a dar um valor muito maior a ela, e depois que me tornei mãe, esse valor multiplicou.
Logo que eu casei meu pai morreu e eu fiquei com um senso de responsabilidade sobre ela sabe, não gosto de deixar ela sozinha, estou sempre na casa dela e ela na minha, ela se dá muito bem com o Rogério e tem ele como o filho que ela não teve.
Quando engravidei da Nathalia, ela foi a segunda pessoa a saber e chorou muito, pois era algo que ela queria demais, foi emocionante.
Durante a gravidez a ajuda e os conselhos dela foram essenciais e foi com ela que sai pra comprar o enxoval e os móveis do quartinho, já que o Rogério não tem paciência para compras.
Quando a Nathalia nasceu ela ficou 15 dias na minha casa me ajudando, cozinhando todos os dias comidinhas fresquinhas, me enchendo de canjica e chá de erva-doce (que segundo ela era bom pra aumentar o leite), me ajudando nos cuidados com a Nathalia, enfim me ensinando a ser mãe.
Ela é uma avó muito amorosa, dedicada, babona, mas também sabe ser dura com a Nathalia nos momentos de birra, ela me ensinou muito e me ensina a cada dia.
Ah! Mãe! Como vc é importante e especial pra mim. Te admiro tanto e a cada dia admiro mais.
Obrigada por ser essa mãe amorosa e linda e por ser essa avó dedicada e tão atenciosa com a minha Nathalia. Me orgulho muito de vc!
Te amo Linda!!!

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Quero ir na sua cama!!!

Genti, desde que a Nathalia veio da maternidade ela dorme no bercinho dela, no quartinho dela, nos primeiros meses eu contava com a babá eletrônica, qualquer suspiro dela eu já estava lá do lado do seu berço, nunca dei o costume dela domir na minha cama, a não ser quando estava doentinha. Ela sempre acordou a noite, quando era bem pequena dava umas choramingada, daeh eu ia lá, pegava um pouquinho e recolocava no berço, conforme o tempo foi passando ela acordava durante a madrugada e pedia mama, daeh eu dava um pouquinho de mamadeira, só pra ela dormir novamente, e dava certo.
Só que depois disso ela começou a acordar várias vezes pra mamar durante a noite, daeh comecei a cortar, primeiro porque ela ia virar uma bola de gorda, segundo porque poderia ter muitas caries nos dentinhos e terceiro porque ninguém merece levantar 03 vezes durante a noite pra fazer mamadeira né, no outro dia eu ia trabalhar igual um zumbi.
Numa noite antes de dormir eu fui dar a mamadeira e disse assim pra ela: - Olha filha, a vaquinha disse que trouxe esse leitinho pra vc, mas depois ela também vai dormir e só vai trazer leitinho amanhã de manhã tá?! E ela concordou, quando acordou de madrugada e pediu mama, eu disse que a vaquinha tava dormindo e só traria mama de manhã, e ela voltou a dormir, e foi assim por algumas madrugadas, até que ela se acostumou e já não pedia mais, e de manhã quando pedia e eu fazia o mama ela fazia a maior festa porque a vaquinha já tinha acordado, uma graça, rs.
Resolvido esse problema, eu achei que tava certo, ia poder domir a noite toda, ai que gostoso!!!
Que nada, agora ela acorda de madrugada e quer ir pra minha cama e eu não resisto e levo, rs. Dá uma dózinha, ela me chama (ou chama o papai), daeh quando eu chego lá, ela tá sentadinha no berço com os cabelos tudo armado (parecendo uma árvore) rs, dá vontade de rir, daeh quando me vê ela dá os braços e diz assim: - Mamãe, quero ir na sua cama! (não sei de onde tirou esse costume, já que desde bebê ela dorme no berço dela).
Ah! Gente! Quem resiste??? Deve ter mãe que resiste (palmas pra elas) mas eu não resisto e o Rogério também não, a gente leva ela pra nossa cama, e ela fica abraçadinha com a gente, ela adora dormir abraçadinha (puxou a mim).
Tipo assim, ela não atrapalha em nada, porque vai pra nossa cama lá pelas 03:00, e nesse horário eu e o Rogério não fazemos mais nada só dormimos mesmo, rs, então qual é o problema dela ir pra lá? Minha cama é King Size, então tem bastante espaço e cabe nós três numa boa, e vou confessar que adoro akela mãozinha na minha orelha e ser acordada de manhã com akele abraço de bom dia tão gostoso que minha florzinha dá.
Lógico que tem muita gente que critica, talvez não seja bom que os filhos durmam na cama dos pais, mas em breve ela cresce e não vai mais querer ficar com a gente todo tempo, então vou aproveitar essa fase mais apegada e curtir muito a companhia dela.
E vocês como fazem? Seus filhos também vão pra cama de vocês? Acham errado minha atitude?

Pode até ser errado, mas que é gostoso esse aconchego de nós três, isso é!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Nathalia do pulo!

Como já comentei aki, a Nathalia ADORA pular na cama elástica e a cada dia ela inventa mais acrobacias (acho que vai ser ginasta, rs)
Vejam o video da minha princesa no pula-pula no aniversário do priminho Dudu no último sábado dia 15 de Novembro. Tava super calor e sol beeem forte (milagre) mas isso não impediu a Nathalia de se acabar na cama elástica.


segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Nós três!

Quando voltamos da maternidade com nosso "pacotinho" nos braços não podiamos imaginar a mudança que nossa casa, aliás que nossa vida teria.
Até então a Nathalia tava ali na barriga, já tinha mudado um pouco, porque estavamos nos preparando para sua chegada, a empolgação do enxoval, montar o quartinho, imaginar como ela seria, sem contar os chutes na barriga que ela fazia questão de dar sempre que o papai colocava a mão e conversava com ela (ele se achava).
Mas mesmo estando na barriga, a gente saia pra onde queria, podia estar chovendo, ventando, frio, calor, era simples, se arrumar e sair, ponto. Dormiamos até tarde, se tava chovendo e frio deitava em baixo das cobertas e ficava assistindo filme. Quando alguém ia jantar em casa a gente ficava até altas horas batendo papo e nem gostava muito de convidar gente com criança (são muito bagunceiras, rs), minha casa era impecavelmente limpa, eu ficava faxinando no sábado o dia todo, ou então resolvia fazer tudo na sexta (ia dormir quase 03:00) pra poder ter mais tempo pra não fazer nada no sábado, rs.
Mas então, no dia 22 de maio de 2006, o que era apenas uma barriga, uma expectativa, deu o ar da graça e chegou trazendo muitas alegria mas muita mudança também.
Minha mãe se mudou pra minha casa por 15 dias (isso foi ótimo), era um entra e sai de gente o tempo todo, sem contar que meu leite demorou pra descer e a Nathalia não conseguia mamar, daeh eu e minha mãe ficava cada uma com uma esgotadeira tirando o leite pra dar com colherinha pra ela, e o Rogério lá junto (situação mais deprimente).
Pra quem dormia a noite toda até quase 11:00 da manhã, acordar 450 vezes durante a noite (em pleno inverno Curitibano) pra amamentar e trocar era um verdadeiro sacrifício.
Mas superamos todas as dificuldades e nos adaptamos bem!
Não imagino mais a nossa vida sem a Nathalia, ela veio pra somar, pra nos tornar uma familia, para fazer de mim e do Rogério um casal ainda mais abençoado!
Hoje minha casa é uma bagunça de brinquedos e adoro receber visitas de casais com filhos (continuo achando crianças bagunceiras, inclusive a minha, rs).
Mas tudo compensa.
Como é bom acordar de manhã com a vozinha tão doce da Nathalia me chamando, como é bom tomar banho junto com ela cantando as várias musiquinhas da creche, como é bom rolar no chão da sala fazendo cócegas e ouvir akelas gargalhadas gostosas, como é bom levar ela pra nossa cama e ficarmos ali, os três, abraçadinhos.
Ah! Jesus! Como sou grata a Ti, por essa familia tão linda que o Senhor me deu! Obrigada Pai!


"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela" (Salmo 127:1).

Selinho!



Ganhei um selinho da Nina do blog: http://meninadecachos.blogspot.com/

Obrigada Nina!!! Bjs!


terça-feira, 11 de novembro de 2008

Nova geração de bagunceiros!

Eu cresci junto com muitos primos da mesma idade, tive uma infância muito divertida, a gente se encontrava na casa da minha vó e a bagunça começava, era um griteiro, uma correria, muitas risadas, brincadeiras inventadas, que saudade!
Domingo foi o aniversário de 02 anos de um priminho, na verdade ele é o primeiro tataraneto da minha vó, ou seja ele é filho da Carina, que é filha da Nena, que é filha da Tia Dá que é filha da minha vó, a Tia Dá é irmã da minha mãe, deu pra entender????
Já no domingo de manhã fomos pra casa da Tia Dá ajudar nos preparativos da festa, a Rafa (minha irmã) é que iria decorar, e ficou tudo muito lindo, mas o divertimento verdadeiro ficou por conta das crianças, a Nathalia adooooooooora ir lá, porque tem muuuuuuuuuita criança, eles moram todos no mesmo terreno e minhas primas tem filhos pequenos também, daeh já podem imaginar a bagunça que fizeram.
Achei tão engraçado ver minha pequena de apenas 02 anos e 05 meses brincando com a criançada, de menina só tinha ela e a Juju (Ana Julia, 03 anos) o resto era tudo menino (Kevin, Adam, Lucas, Gabriel e Gustavo), estavam em 07 crianças, mas parecia que tinha um batalhão inteiro, tamanha era a gritaria, eles brincaram de esconde-esconde, brincaram de pega-pega, adoleta, e de correr atrás do cachorro (coitado, rs), na hora do aniversário, foi mais bagunça com lingua de sogra, apito e mais correria e gritaria (gargantinhas poderosas, rs).
A Nathalia chegou em casa cansada, suja, grudenta mas muito feliz, e eu fiquei com akele sentimento de ver repetir com ela a minha própria infância, me deu uma saudade dos tempos que eu também corria e gritava feliz brincando com meus primos e primas, era tudo tão simples e tão divertido, agora somos todos adultos, pais e ocupados, mas ficamos felizes de ver que se passaram os anos e nos tivemos nossos filhos, mas que podemos continuar juntos, nos reunindo e deixando que nossas brincadeiras se repitam através de uma nova geração.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Amizade!

Engravidei junto com uma amiga e foi bom poder dividir as novidades e as dúvidas que uma gravidez trás pra uma futura mamãe. Nossas meninas tem apenas 02 meses de diferença, então passamos todas as fases ao mesmo tempo.
Só não imaginavamos que o fato de engravidarmos na mesma época faria das nossas filhas amigas pro resto da vida, é assim que desejo.
A Esther nasceu em março e a Nathalia em maio, quando sai da maternidade e vim pra casa a Luci com a Esther foram as primeiras visitas, e desde então a amizade entre elas se estabeleceu.
Elas estão na mesma creche, mesma sala e sabemos que lá elas aprontam muito juntas, estão juntas também na igreja e lá elas se acham, inventam as brincadeira e uma defende a outra, as vezes se olham e dão risadas como que se comunicando só com o olhar, é uma cumplicidade linda.
É claro que também brigam, mas é questão de segundos e já estão "de bem", rs.
Eu espero que essa amizade dure para sempre, que elas sempre tenham uma a outra, que essa amizade seja sempre sincera, sem competições, inveja ou rivalidade.
Tenho amigas de infância e sempre que nos encontramos damos muitas risadas lembrando das bagunças e travessuras que faziamos, quero que a Nathalia também tenha essas lembranças, e mais do que isso, eu quero que assim como eu ela também tenha amizades sinceras e duradouras.

O que seria de nós sem amigos não é mesmo???

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

A novela do cocô no vaso!


Gente, em agosto comecei o processo do desfralde, me estressei um pouco até conseguir, a Nathalia começou a fazer cocô e xixi no vaso e tudo estava bom demais pra ser verdade.
Mas infelizmente a Nathalia ficou ressecada e teve muita dificuldade pra fazer cocô, ficou sentada no vaso fazendo força e saiu até sangue da bundinha dela, e ela chorava muito, e eu também vendo o sofrimento dela.
Depois desse dia a Nathalia nunca mais fez cocô no vaso, na hora que quer cocô ela diz assim pra mim: - Quero fazer cocô na fralda!
Eu coloco a fralda e ela vai fazer o seu cocô, depois vem pra mim e diz: - Pronto mamãe, já feiz, pode tirar a fralda!
Chega a ser engraçado né, só que isso já tá indo longe demais, já fazem 03 meses que tamo nessa novela.
Já tentei de tudo, já prometi presente, já contei a histórinha que a Ma (http://ocaminhardeumlivro.blogspot.com/) escreveu especialmente pra ela, já forcei, já conversei com a pediatra (que disse pra eu deixar ela esquecer o acontecido e depois voltar a incentivar o vaso).
Não sei mais o que fazer, ela já não faz mais xixi na calça, pede pra ir, e agora está indo sozinha fazer xixi, ela mesmo abaixa a calça e senta no vaso, mas o cocô tá dificil, fico com medo do que isso pode ter gerado na cabeça dela, e se ela nunca mais fizer cocô no vaso??? (rs)
Tá bom posso estar exagerando, mas que estou preocupada isso tô, será que alguém pode me ajudar a resolver esse problema? Alguém já passou por isso???

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Calor!

Esse fim de semana fez bastante calor aki em Curitiba e a Nathalia pode aproveitar bastante, eu enchi a piscininha e ela se esbaldou, brincou muito, acho que estava com saudade do calor.
Sábado fizemos uma festinha surpresa para minha sogra e foi bem divertido, a Nathalia quis assoprar a velinha é lógico, rs.
Foi bem legal também ver ela brincando com os priminhos mais velhos (Thays, Gabi e Kaike), ela se divertiu bastante, jogou bola, brincou de batata quente, passa anel, mas é engraçado porque ela ainda não entende muito essas brincadeiras, mas os priminhos tiveram toda a paciência para deixar ela brincar, rs.
Uma coisa que estou achando diferente nessa fase é que a Nathalia está brincando mais sozinha, inventando a própria brincadeira, antes ela me solicitava em todas as brincadeiras, agora ela entra no quarto de brincar e fecha a porta, quando vou sondá-la pela janela, lá está ela conversando com as bonecas (geralmente é a Bia), dando mamadeira, colocando no bercinho, as vezes ela leva lá pro cantinho da disciplina (uhauahuahauahuahauh), acho muito engraçado, se pudesse eu ficava filmando ela brincar o dia inteiro, é tão gostoso ver a imaginação dela, ver ela ter atitudes com as bonecas como eu tenho com ela, ela pega a Bia e fala assim: - Que foi linda? ou então: - Não precisa chorar, mamãe taki! Acho tão fofa!
Outra coisa que acho lindo é o fato de que quando vê a gente com algum machucado ou quando comentamos que estamos com alguma dor, ela faz a maior cara de dó e logo coloca a mãozinha em cima do "dodói" e faz a sua oração: - Senhor Jesuis, cura o dodói da mamãe, em nome de Jesuis, amém! Daeh olha pra gente e diz: - Já sara tá! Fofa demaissssssssssssss!

* Olhem aeh algumas fotinhas deste final de semana!

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Olha que lindo!



Gente olha que gracinha o Lo que a Dani mãe da Isa do blog: http://amoreternodanieisa.blogspot.com/, fez pra minha florzinha, agora encasquetei que também quero aprender a fazer essas coisinhas lindas pra mandar pras minhas amigas de blog.

Dani Ameeeeeeeeeeeeeei!!! Brigada Flor!!!

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

...que ela não se lembre de mim!

São com essas palavras que termino minha oração antes de sair de casa para trabalhar.
Oro para que Jesus abençoe o dia da Nathalia, cuide e zele por ela e que ela não se lembre de mim durante o dia (vcs acham que tô loka né).
Peço isso pra Deus porque sei que a Nathalia vai ficar na creche o dia inteiro e não quero que ela sofra com a minha ausência, não quero que ela pense que abandonei ela, que deixei ela sozinha.
Só de pensar que minha princesa, tão pequena, estará o dia todo aos cuidados de pessoas estranhas, se virando um pouco sozinha, sendo um pouco independente, brincando e muitas vezes brigando com os amiguinhos, ora pra se defender, ora para requerer o brinquedo alheio, só de pensar que só verei aquele sorriso lindo e akela voz doce chamando a mamãe no final da tarde, me quebra, me mata, me deixa triste e não quero que ela sinta essa tristeza, a dor da saudade.
Então me despeço dela com essa oração, dou-lhe um beijinho de tchau (enquanto ela ainda dorme), e saio para trabalhar, carregando comigo a saudade da minha pequena e sabendo que talvez ela nem se lembre de mim, mas eu, eu me lembrarei dela a cada instante do dia.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Minha bailarina

Se tem uma coisa que a Nathalia gosta é de dançar, ela não para, quando coloco o DVD Só para Baixinhos ela faz todas as coreografias, e canta também, tá numa fase muito gostosa, está tendo mais coordenação motora para imitar a gente, é um sarro, quando estou ensaiando (faço coreografia na igreja) ela está sempre comigo e já decorou o hino e os passos, e eu fico toda orgulhosa da minha pequena bailarina.

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Entregando ao Senhor!

O amor que sinto por você
Nasceu dentro de mim muito antes de lhe ver
Foi crescendo em meu coração
e floresce aqui em forma de canção

Palavras não conseguem expressar
O amor que sinto não se pode imaginar
Você multiplicou nossa alegria
Quando veio completar nossa familia

Filha amada, és abençoada
Tão pequenina, mas cheia de graça
Nós abençoamos em nome do Senhor
Seu presente e seu futuro
Rodeada de amor

E hoje reunidos neste altar
Sua vida a Cristo viemos consagrar
Esta é a melhor forma de dizer
O amor que temos por você

Filha amada, és abençoada
Tão pequenina, mas cheia de graça
Nós abençoamos em nome do Senhor
Seu presente e seu futuro
Rodeada de amor

*************************************************************************************
Na minha igreja não batizamos bebês, mas apresentamos e entregamos eles a Cristo, ensinamos o caminho e quando eles crescem escolhem se querem continuar seguindo esse caminho e daeh sim se batizam.
O dia da apresentação da Nathalia foi bem emocionante, minha mana Andressa (madrinha de consideração da Nathalia), cantou esse louvor (letra acima), e a minha florzinha no auge de seus 03 meses encantava toda igreja com seu vestidinho vermelho e com um monte de sorrisos (ela riu o tempo todo enquanto a Drê cantava).
Ela ama ir na igreja (apesar de não parar quieta), ela ora, canta e faz coreografia junto comigo, quando perguntamos onde está Jesus, ela aponta para o coração (uma graça).
Acho importante ensinarmos um caminho para nossos filhos, não falo de religião, mas é importante eles saberem que devem sempre caminhar com Jesus, sem Ele tudo perde a razão.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

HOMENAGEM PRA PRI!

A vida como ela é

Pri

Quando caímos costumamos chorar, nem tanto pela dor da queda, mas pelo medo de que possamos não saber nos levantar novamente.
É aí que quase sempre entra uma mãozinha e nos ajuda a ver que podemos voltar à caminhada, mesmo depois de uma queda.
Nessa altura que nos conhecemos.
Você com a sua queda e nós com as nossas, caímos, querida, sem esperar, cairmos. E caídas nos conhecemos, nos amamos e nos levantamos uma a outra. Foi assim, você sabe. Eu sinto.
O que nos ensinou foi tão profundo que deixou frutos e flores... deixou marcas e mudanças...
Você nos ensinou amada, sim... e muito.
Foi tudo tão suave e íntimo que nem percebíamos que estávamso nos levantando.
Mas a vida não é para sempre um levantar. Porque depois de feito isso é preciso seguir em frente.
E nem sempre o caminho é o mesmo, embora tenhamos nos encontrado na queda. O seu pode ser para a esquerda e o meu para a direita... não sei.
Tudo bem... é a vida que segue.
Mas o meu egoísmo te deseja ainda bem perto de nós... bem assim, íntimo, suave e cotidiano.
Não é mais assim amada.
Sentimos, todas, profundamente, a sua falta.
Não sabemos ao certo o caminho seu, mas nesse silêncio que se fez há dias, todos os nossos corações apertam-se e unem-se, desejosos de alegrias mil para você.
Sei que deveria te pedir que voltasse, mas amo-te, mesmo e desejo então, como desejo a minha filha, que, se eu não caibo mais em ti, que sigas sozinha, mas sempre feliz, o caminho que já é seu... o caminho que tem seu nome na etiqueta, o caminho que você fez. Esse, amor, é seu e por isso não me meto a segui-lo, mas desejo-te, todo, todo o meu amor e minha companhia, sempre que ela te for desejada.

Entende?

Meu egosísmo te pede perto de mim, mas meu amor te deixa voar nos céus lindos que criou... vai em paz... vai feliz... vai segura... alguém olha por ti.
Quando estiveres aqui, volta para nós... estaremos mesmo aqui, onde você nos colocou. Amando-te como você nos ensinou e seguindo em frente, como você nos animou.
Num só coração e numa só prece é que postamos.

Beijos de todas nós!

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Dia das Crianças e enfim o Sol

Para comemorar o Dia da Criança levei a Nathalia para brincar num evento que tinha na 1.ª Igreja do Evangelho Quadrangular, foi beeeeem legal, a Nathalia se divertiu bastante, brincou, pulou, assistiu teatro, coreografia e adorou tudo.
E até que enfim fez sol e calor nessa terra de esquimós, daeh a diversão foi melhor ainda.
É muito bom ver a alegria dela brincando, se divertido e interagindo com crianças diferentes das que ela está acostumada.
Ganhou alguns presentes também e é claro fez a maior festa.
Estou postando uma foto dela no pula-pula (como ela diz) e uma com um cachorro que ela encontrou lá na festinha e não queria mais largar, eu já tava dando uns sorrisos amarelos de vergonha pra Dona dele, rs.

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Vivendo e aprendendo

É maravilhoso acompanhar o desenvolvimento de uma criança, e quando essa criança é nosso filho então, tudo fica muito mais interessante.
Lógico que estamos sempre tentando ensinar muitas coisas a eles, valores que aprendemos, músicas de infância, brincadeiras que já brincamos e ficamos muito orgulhosos em ver que eles aprendem tudo muito rápido.
Fico admirada em ver o quanto a Nathalia se desenvolveu, parece que foi de um dia pro outro, a cada dia ela faz as pronúncias das palavras mais corretamente, conta muitas histórias, conta com riqueza de detalhes como foi o seu dia, as vezes até esqueço que ela tem apenas 02 anos e 04 meses.
A Nathalia já reconhece todas as vogais e também a letra X (de Xuxa, é claro), conta até 15, e sabe "desenhar" a letra A.
Já aprendeu várias coreografias das músicas dos Xuxa só para baixinhos, e muitas falas dos filmes que mais gosta (Crianças Diante do Trono, Shrek, Nemo, Happy Feet,...).
É tão bom ver o quanto nossos pequenos são inteligentes, atentos a tudo, mas fico preocupada com o que ela pode aprender que não seja legal e nem engraçadinho, esses dias ela tava cantando "Quéo, Quéo" (Créu, Créu), fiquei abismada, daeh perguntei onde ela tinha aprendido e ela disse que foi com o amiguinho Luciano, eu disse que essa música é muita feia e que é feio uma menininha tão linda ficar cantando, ela nunca mais cantou.
Seria bom que nossos pequenos aprendessem apenas coisas boas, coisas de criança mesmo, mas não, esse mundo tá aeh oferecendo música ruim, desenho ruim, dança ruim e cabe a nós filtrar tudo que chegam até eles, mas como??? Até quando vamos conseguir manter eles longe da maldade, da malícia e da violência???
Que Deus nos de sabedoria para ensinar sempre o caminho correto para nossos filhos seguirem!

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.” Pv. 22.6

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Fotos do Zoo

Estou postando as fotos do primeiro passeio da Nathalia ao Zoológico, ela amou, ficou encantada com os bichos, pena que eu não pude ir (estava trabalhando), mas não faltarão oportunidades.

Larissa, Nathalia e Luiza

Nathalia (gatinha) com a vovó Cida (gatona)


Tia Rafa e minha bebê (lindas né!)

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

... ela não para em casa!

A Nathalia não gosta muito de ficar em casa, e agora que está com a minha mãe e com a tia Rafa sem ir pra creche então, tá do jeito que ela gosta.
Na sexta elas foram no zoológico (depois eu posto algumas fotos), a Nathalia amou, quando cheguei em casa ela não conseguia nem me contar de tanta euforia, rs, achei uma graça.
No sábado tinhamos combinado de ir na chácara do meu primo, mas choveu o dia todo e daeh aja pique da mamãe pra inventar brincadeiras dentro de casa, fizemos cabaninha, dançamos Xuxa, comemos pipoca e lógico que também pintamos com guache (a Nathalia ama).
No domingo almoçamos fora e depois fomos no Jardim Botânico, foi divertido, corremos, vimos os peixes, tartarugas e até rolamos na grama.
Como é bom passar esse momentos ao lado da minha pequena, são momentos preciosos que quero guardar sempre no meu coração, porque sei que no coraçãozinho dela também está guardado.

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Melhorando!!!

A Nathalia não esteve bem, semana passada ela teve que tomar antibiótico (Clavulin) e xarope (Mucolin), nos primeiros dias a tosse e febre passaram, mas quando foi na sexta-feira ela começou a ter febre novamente, no sábado levei ela num consulta de emergência pois a febre voltava assim que o efeito do remédio passava, o pediatra que a atendeu disse que a bactéria tinha sido resistente ao antibiótico que ela tava tomando, receitou outro antibiótico, e pra febre ele mandou dar Novalgina (infantil), pois eu estava dando o Tylenol e o efeito passava muito rápido, ela teve febre na noite de sábado, domingo o dia todo e a noite também, daeh quando foi na segunda-feira levei ela na pediatra dela (um alívio, pois confio muito nela), ela consultou a Nathalia e disse que ela tinha melhorado do catarro nos pulmões, mas estava com uma placa de pus na garganta, por isso não estava comendo nada e estava tendo febre, receitou outro antibiótico (Zinatt) e pediu que a Nathalia voltasse na quinta-feira para ver como ela estava.
Fiquei com ela na terça e na quarta (faltei o trabalho novamente), está tomando direitinho o remédio e ainda está tomando o Mucolin pra tosse, mas agora já não está mais tendo febre (graças a Deus).
Ontem ela já tava bem boazinha, brincando, dançando e bagunçando, mas ainda não está comendo direito nem mamando muito, mas já estou mais tranquila, hoje ela ficou com a minha mãe, não vai pra creche nessa semana e nem segunda e terça da semana que vem, quero que ela fique boa de verdade antes de voltar.
É muito dificil quando nossos pequenos estão doentinhos, acho que sofremos mais do que eles, porque queremos para nós a dor que eles estão sentindo e isso não é possível.
Estou cansada (fisica e emocionalmente), pois faz uns 15 dias que não dormimos bem a noite (ela tem acordado várias vezes chorando) e também porque a gente fica tão preocupada que não consegue relaxar, eu espero que melhore o tempo por aki e que esquente, pois acho que estamos assim (gripados) por causa desse frio que faz aki e já faz uns 20 dias que não esquenta.
Tomara que meu próximo post seja pra falar só coisas boas e travessuras da minha pequena.

Beijinhus pra Pri - blognosduas.blogspot.com (nossa pioneira de blog) que fez niver ontem. Te desejo muitas felicidades sempre, vc é muito querida por nós, pois através de vc é que ficamos todas amigas e hoje podemos todas compartilhar nossos desafios como mãe. Bjs!

Beijinhus também pra Pri - mariana-umpresentededeus.blogspot.com, mãe da Mariana e da Melissa que também fez niver ontem.

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Crescendo...




Graças a Deus a Nathalia está melhor, não está mais tossindo, mas o antibiótico ainda não acabou, ontem e hoje já foi pra creche e ficou bem.
Ela está muito engraçada e faladeira, batemos altos papos e estou sempre me surpreendendo com as frases e as perguntas da minha fofa, e lógico estou curtindo muito cada momento.
Ela está muito carinhosa e apegada também, quer sempre minha companhia nas brincadeiras e adoro ouvir a frase: - Vem ti cumigo! Vem bincá! (e faz com a mãozinha me chamando), adoro também deixar ela terminar a brincadeira sozinha e ficar observando a criatividade dela, as conversas com as bonecas, um sarro.
A gente brinca de repetir as palavras e ela repete perfeitamente a palavra "paralelepipedo".
Adoro ver o desenvolvimento dela, cada dia uma novidade, uma frase nova, uma musiquinha que aprendeu na creche, agora escolhe a roupa que quer usar, o DVD que quer assistir, um verdadeiro serzinho mesmo.
Estou postando um video dela com a Esther(Nathalia está de calça branca e Esther de calça rosa), essa duplinha é um sarro, brigam bastante, mas se amam e quando estão juntas se tornam uma "dupla dinâmica".
Aproveitando, quero dar os parabéns para minha mãe que está fazendo aniversário hoje. Manhê, vc é muito especial e essencial nas nossas vidas (minha, do Rô e da Nathalia). Te amo! (Não fiz um post especial pra vc porque esqueci os cds de fotos em casa, rs).

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Dodóizinha!

A Nathalia começou com tosse na sexta (faz apenas 02 semanas que sarou da última tosse), daeh comecei a dar o xarope Abrilar, mas vi que não tava adiantando, no domingo de madrugada ela teve febre, faltei o trabalho pra ficar com ela, levei na pediatra e ela me disse que ainda bem que eu tinha levado, porque a Nathalia estava com muita secreção grudada no pulmão e que não sairia só com xarope, receitou um antibiótico (Clavulin BD 400) e um xarope (Mucolin), de segunda para terça ela ainda teve febre, mas ontem já estava melhor, não teve mais febre, mas ainda está com tosse e com o peito carregado, estou fazendo inalação na hora de dormir.
Hoje ela não foi pra creche, ficou com a minha irmã de manhã e agora de tarde está com a minha mãe (eu não podia faltar hoje), eu fico ligando de meia em meia horas, rs, e ela me garantiu que a Nathalia está bem, que bom.
Não suporto ver a Nathalia doente, ela é muito ativa, vive pulando, dançando, espuleteando e quando está doentinha ela fica muito quieta, dá uma dózinha, mas graças a Deus ela está bem melhor.
Ontem ficamos pintando com guache (ela adooooooora) não queria que ela ficasse se cansando pra não ficar tossindo, então só brinquei de brincadeiras calmas, ficamos cantando, depois comemos bolo, brincamos de cabaninha, de cabelereiro, apesar de faltar o trabalho por um motivo ruim, foi ótimo ficar em casa com ela 04 dias seguidos, rs.
Com certeza até o fim de semana estará totalmente sem tosse (em nome de Jesus!!!) e daeh poderei postar muitas fotinhas da minha princesa aprontando suas bagunças!
*Ps: Genti essa roupinha horrorooooosa é só de pintar tá, uahuahauhaua, senão vcs vão pensar que minha fofinha anda toda malacafenta (mal vestida, rs).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...