quarta-feira, 14 de abril de 2010

Estou triste!


Ontem a noite na hora do banho a Nathalia perguntou se ia pra creche, eu disse que só no outro dia, e ela disse que não queria ir, que queria ficar em casa, tentei explicar que a mamãe não podia faltar o trabalho e que não tinha com quem ela ficar, e ela chorou, chorou, chorou dizendo que não queria ir, daeh falei firme que era pra ela parar de manha, daeh começou a chorar dizendo que queria que eu fosse pra creche com ela, que não queria ficar sozinha, expliquei que as mamães não vão na creche, que creche é lugar de criança e que lá ela estaria com a sua professora e também seus coleguinhas e que de tarde a gente ia se ver e brincar, mas ela chorou ainda mais um tantão.
Chamei sua atenção, porque mesmo eu tendo toda paciência e tentado explicar o porque que a mamãe trabalha e tal, ela continuava chorando, então pedi que ela parasse senão ia ficar no cantinho (faz tempo que ela não fica).
Ela parou e depois de uns minutos eu sentei ela no meu colo, abracei bem forte e disse o quanto eu a amava e o quanto queria estar com ela o dia todo, mas que agora não dava que tinha que trabalhar.
Fiquei com vontade de faltar e ficar com ela hoje, mas pensei melhor e levei em consideração 02 coisas:
1º. Ela ia pensar que bastava chorar e eu faria a vontade dela, daeh sempre que não quisesse ir pra creche ela faria tudo de novo;
2º. Está bem frio por aqui e com o frio chegam as gripes e infecções e não quero ficar faltando sem motivos fortes porque se ela ficar doente eu falto quantos dias precisar;
Depois disso ela ficou bem, jantamos, brincamos de esconde-esconde, de vizinha e de fazer cosquinha, depois fomos dormir e ela já estava bem calma e sorridente.
Hoje de manhã quando saí para o trabalho dei um beijo e lhe desejei um dia abençoado e ela fez que sim com a cabeça.
Liguei pro marido pra saber se ela tinha chorado pra entrar no escolar e ele disse que não, que foi bem.
Liguei na creche e a professora disse que ela tá bem, tinha tomado café, tava brincando, não chorou e estava muito feliz porque a amiguinha Esther foi pra creche (ela quase não está indo porque a Luci está ficando em casa agora).
Fiquei mais aliviada, mas continuo com meu coração triste.
Quando acontece essas coisas eu não posso deixar de pensar se vale a pena trabalharmos para dar o melhor pra eles e ficar longe o dia todo, deixá-los aos cuidados de outras pessoas, ter tão pouco tempo para brincar e para nos dedicar a eles.
Será que não seria melhor eles terem menos mas estarem com suas mamães o dia todo? Será que se fosse assim eles seriam mais felizes? Não teriam esses momentos de carência?

Ah! Senhor!!! Ajuda a nós mamães a termos sabedoria para conseguir passar todo esse amor que temos por nossos filhos em tão pouco tempo que temos ao lado deles, nos ajuda a sempre ter as palavras certas e paciência para lidar com essas situações e principalmente conforta nossos corações para que não sintamos tanta culpa e tanta tristeza por ficarmos longe deles por tanto tempo!!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...