quinta-feira, 28 de agosto de 2008

A chegada do meu precioso "pacotinho"!


Quando eu e o Rô resolvemos engravidar achamos que seria bem demorado, porque eu já tomava anticoncepcional há quase 10 anos, mas pra nossa surpresa, eu engravidei no mês seguinte, quando peguei o resultado no exame foi uma alegria incrivel, comprei uma mamadeira e fiz uma cartinha, deixei tudo em cima da nossa cama junto com o resultado do exame, quando ele chegou do trabalho e leu tudo, ficou super emocionado e surpreso com a rapidez da "cegonha", rs. Foi felicidade geral, porque minha familia (mãe e irmãs) estavam muito ansiosas para esse acontecimento.
É muito estranho quando vc fica sabendo que está grávida, enquanto a barriga não cresce parece que não é verdade, e todos ficam querendo colocar a mão na sua barriga, achava tão esquisito.
Eu ficava ansiosa para que a barriga crescesse logo e eu já pudesse usar batinhas, e ganhar lugar no ônibus, rs.
Quando fomos fazer a primeira ecografia, foi demais, escutar pela primeira vez o coraçãozinho do nosso bebê, sem contar que eu tinha o maior medo de não ter nada lá dentro, do médico falar que não tinha bebê nenhum, rs. (ainda bem que tinha!)
Minha barriga cresceu de um dia pro outro, e daeh em diante não parou mais de crescer, fico até agoniada de ver as minhas fotos de grávida, fiquei enoooooorme! Engordei 17 kg, tenho 1:50 de altura, imaginem a bolinha que eu virei.
Logo ficamos sabendo que uma menininha estava a caminho, e começamos os preparativos para a sua chegada, arrumar o quarto, comprar bercinho, guarda-roupa, roupinhas, decoração, fiz tudo em branco e lilás e ficou lindo demais. Fiz o chá de bebê e ganhei um monte de coisas, todo fim de semana ficava arrumando o quarto dela, rs. O Resto da gravidez correu tudo bem, trabalhei até o último dia de gravidez e ia e voltava de ônibus lotado todos os dias, alguns dias até ganhava lugar, mas não era sempre. No final da gravidez eu tinha uma azia horrível, ficava sentada na cama com azia, chegava a chorar de vontade de dormir, mas não conseguia, era horrível.
Esperei pra ter parto normal, até que chegou o grande dia, o dia que a Nathalia escolheu, era a madrugada de domingo pra segunda, acordei com uma cólica, e fui no banheiro, tinha um negócio na minha calcinha que parecia um gel marrom, fiquei na dúvida do que poderia ser, voltei pra cama, e as dores começaram a aumentar, fui tomar um banho, fiquei um século no banho e quando voltei o Rogério ainda dormia igual uma pedra, rs. Até que ele acordou de tanto eu me mexer na cama, daeh falei que achava que tinha chegado a hora, fomos pra maternidade lá pelas 07:00 da manhã, eu o Rogério, minhas irmãs e minha mãe, rs, a maior galera, rs!
A maior chuva e quando a gente tava na metade do caminho, furou o pneu, o Rogério trocou debaixo de chuva, tadinho. Pronto! Pneu trocado, bôra pra maternidade, andamos mais umas quadras, outro pneu furado, uahuahuahauahahau, não tinha mais step, chamamos o seguro e fomos pra maternidade de táxi, putz que vergonha, tivemos que descer do táxi com toda akela mudança, mala da Nathalia, minha mala, cobertor, uahuahauhauaauh foi muito engraçado. Fizeram o toque e eu não tinha dilatação, queriam fazer a cezárea, mas eu não quis, eu queria parto normal, esperei o dia inteiro a tal dilatação e a bandidona não veio, a minha obstetra resolveu fazer a cezárea mesmo, e a Nathalia nasceu às 19:30 do dia 22 de maio de 2006, com 3,625 kg e 51 cm, quando veio chorando pros meus braços eu disse chorando mais ainda: - Seja bem vinda princesa!!!! E ela arregalou o olho e parou de chorar, o Rogério assistiu o parto e ficou do meu lado o tempo todo, tive muito medo, pois passei muito mal com a anestesia, tiveram que colocar oxigênio e tudo.
Foi o melhor dia da minha vida!!!!
Eu não sei se todas tiveram esse mesmo sentimento, mas quando eu cheguei em casa com akele pacotinho nos braços, depois de ter altada maternidade, foi uma sensação tão estranha, uma mudança tão grande, parece que minha casa e minha vida tinham virado de cabeça pra baixo, cheguei a pensar: - Nossa, que que eu fui fazer, tava tudo tão tranquilo, tão sossegado! Arrumei pra cabeça!!!
Era um entra e sai de visita, era um tal de acordar várias vezes de madrugada pra dar mamar, trocar, depois o meu peito rachou e era uma dor insuportável, até eu me adaptar nessa nova rotina num foi fácil. Mas também quando me acostumei, passei a tirar de letra, a cada suspiro da Nathalia lá no berço (em outro quarto) eu já tava lá, rs.
Hoje minha casa não é mais a mesma, vive bagunçada, cheia de brinquedo espalhado, mas se a Nathalia não está, fica um vazio horrível, uma organização horrível, um silêncio horrível.
É... filho muda completamente a casa, a rotina, a vida da gente, mas muda pra muuuuuuuuuito melhor!!!
NATHALIA VOCÊ É O MELHOR QUE DEUS PODERIA ME DAR!!!

10 comentários:

Rafa e Tiago disse...

Oi Mana...
Me emociono todas as vzs que vc fala da nossa flor...
Na primeira ecografia eu tbm tava juntooo eeeeee... e lembro do coraçãozinho dela batendo forte, foi uma emoção soh, ela parecia um grãozinho de feijão rs!! Mas jah era mto amada por todos nós!
do ela mexia na sua barriga e todo mundo qria por a mão, era uma briga por um espaço... rs Os solussos que ela tinha era engraçado tbm, sua barriga vivia pulando...
Mas o dia do nascimento dela vai ficar marcado pra sempre... Foi engraçado, porém emocionate, o melhor momento da minha vida... Naum esqueço do momento em que nos trouxeram ela do centro cirurgico, enroladinha nas cobertas... Nossa ela era enorme, diferente de todos os bebes que jah vi... linda, claro que chorei qdo a vi pela primeira vez neh?!?
Na hor do banho dela fomos na salinha do banho e todos os bebes eram pequenininhos e ela se destacava entre eles, toda grandona rs, todos comentavam que ela era linda e nem pareci recem nascida... A gente ficava toda orgulhosa neh rs...
Lembro que chegamos em casa e a gente soh qria ficar envolta dela... Ficava com ciumes qdo outras pessoas pegavam (coisas de titia coruja rs)... A nathalia eh o milagre da vida!!!

Que Deus continue abençoando vcs!!!

Amo vcs demais da conta!!!

Bjusssssssssssssss

Simone - Mariana minha flôr disse...

Nossa, tô chorando, imagina a cena, eu trabalhando e chorando, ainda bem que tô sozinha na minha sala.rsrsrs.
Me fez voltar no tempo, a minha vida tb virou de ponta cabeça, tb pensa da mesma forma, oque fui fazer com minha vida, mais depois tirei de letra, e como meu marido fala, se soubesse que era tão bom teria arrumado antes. Quando resolvemos sair sem ela, oque é raro, deixo com minha sogra, chego em casa parece que tiraram um braço meu, tudo vazio.
Ah sobre engordar eu engordei só 9 kls., tive pedra na visicula na gravidez, imagina qto eu sofri, não podia comer nada (de porcaria)rsrsrs, acho que se não fosse isso teria engordado 20 kls.
Quando ia comer lanche, pizza, essa coisas ligth, o mu realmente era ligth, sem maionese, sem queijo, uma delícia.
No dia que a Mariana nasceu, nasceu mais 10 nenes, só amigos e pessoas da minha família echeu a sala de espera, e olha que é grande. Uma alegria só.

Danny disse...

Rafa: Realmente a Nathalia é nossa maior emoção, desde que ela nasceu nossa vida mudou pra melhor, e o apoio e o carinho de vcs fez e faz toda diferença até hoje. Vcs (Vc, a Mãe, a Drê e a Nathalia) são as mulheres da minha vida, rs!!! Amo vcs!

Si, o nascimento de uma criança é sempre emocionante, e quando essa criança é o nosso bebê isso se torna inesquecível, conta no blog como foi a sua gravidez e parto, eu adoro saber! rs. Beijus!

Michele Rosa disse...

Falar de nascimento sempre dá um nó na garganta! A Laís foi uma surpresa geral, pois não foi planejada, tinha apenas 2 meses de casada... Tb não pensava em ter filhos, acho que por isso Papai-do-Céu se encubiu de mandar essa missão logo pra mim: pra que eu tivesse força, fé e coragem.

E foi tudo perfeito e sempre é perfeito TUDO!

Ai, vou chorar!!!

Bjocas, Dannyzinha!

Mariana disse...

chorei....
a emoçao de uma chegada é inesquecivel e por mais q vc tenha descrito magnificamente... sei q ainda te faltam palavras p expressar com fidelidade o q é tudo aquilo... uma sensação maior q a propria vida!
q bençao!
sobre sua pergunta no meu blog: sou sim evangelica...
bjao querida

Camila Paes disse...

Que linda historia DAny , ( Si to chorando tb )DEUS prepara tudo do jeito e na hora certa n� , eu fui apressadinha o uta veio antes do casamento e eu nem foto gravida tenho mais acho a coisa mais linda uma mulher gravida acho q nos aproximamos mais de DEUS � tudo perfeito
BOM FIM DE SEMANA !!!!!

Danny disse...

Nossa gente, história de mãe é assunto que não acaba mais né, é tão gostoso compartilhar com vcs a história mais importante da minha vida. Brigada por estarem sempre aki e pelos comentários, vcs são 10!!! Bjs a todas!!!

Simone - Mariana minha flôr disse...

Danny, acho que elas choram pq é outra pessoa, estranha p/ elas, mexerem nelas, acho que deve ser isso. Mais depois que coloca a roupa até convera como se nada tivesse acontecido, agora o outro pediatra nem relava a mão nela, ainda bem que ele foi embora da cidade (pegaram ele com outra dentro do consultório, inclusive ela é contadora da empresa que trabalho) maior babado.

Nina disse...

Oi, Danny!
Que bom ter vc sempre no meu blog!!
Seu blog é show!
Sua menininha nasceu com a mesma altura da minha, 51 cm! É alta para meninas, hein? Só que a minha nasceu magrinha, 3,250kg. Até hoje ela é alta e magra!
beijos!

Dri disse...

oi linda...também estou esperando pra ter parto normal...amei o seu blog.
beijos pra vc e pra sua filhinha linda

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...