terça-feira, 13 de março de 2012

Totalmente perdida!

Confusa, perdida, tô parecendo cego em tiroteio.

Quando escolhemos a escola da Nathalia, pensei num geral:

- Escolhemos porque é perto de casa e não precisaria pagar escolar;
- É uma escola grande, bonita e aparentemente muito organizada (pelo menos quando fui conhecer a escola foi a impressão que eu tive);
- Tem aulas extras curriculares sem pagamento adicional, como dança, artes, música e inglês;
- Algumas amigas com os filhos na escola me deram boas referências;

Colocando tudo isso na balança, optamos por essa escola, na confiança de estarmos fazendo uma boa escolha.
Quando começou as aulas tivemos aquele problema de troca de professores né, vcs já leram, outra coisa que fiquei de cara foi que ao invés de ter 15 alunos em sala como haviam me dito na hora da matricula tinha 25, isso mesmo, 25 alunos para uma professora!!!
Tá, tudo bem que quando eu estudava tinha 40 alunos na sala de aula e eu aprendi no mesmo jeito, mas então porque falaram que seria só 15???
Como falei, eu gostei da prof., mas a Nathalia não gosta muito não, disse que é brava, isso é ótimo, professoras boazinhas deixam os alunos montarem nelas, pelo menos eu acho.
Tenho me angustiado um pouco porque a Nathalia tem sentido falta da creche, dos amigos e da prof. Silmara, vive pedindo pra ir lá e acho que essa saudade tem impedido que ela se adpate a nova realidade e que a professora Gisele não é a Silmara e que ela terá que se acostumar, mas é tão difícil isso né!!!
Outra confusão na minha cabeça é sobre o que esperar da escola, sinceramente não lembro de ter sido alfabetizada no primeiro ano e sim no segundo, mas agora tudo mudou e dizem que o primeiro ano seria o pré antigo, certo? Então o que esperar?
A escola tem o Sistema de Ensino Positivo, que me disseram ser excelente, mas a coordenadora me falou que não forçam os alunos, vão com calma e talvez até alguns saiam lendo já nesse ano, mas que não será forçado, tudo tem seu tempo, eu concordo, tudo tem seu tempo e não quero forçar a Nathalia só porque sou uma mãe ansiosa, quero que ela vá com calma e devagar e que aprenda tudo no momento certo.
Porém vejo algumas mães comentando sobre as escolas de seus filhos e falam algumas coisas que não vejo na escola da Nathalia, será que ela ficará atrasada??? Será que tô pagando uma escola que não presta pra nada? Ai, ai, ai, são tantas dúvidas!!!!
Quero ressaltar que a Nathalia vem de uma creche pública, onde ela aprendeu algumas coisas mas não como as crianças de escolas particulares aprendem, ela não escreve letra cursiva por exemplo, não junta sílabas, não lê nada, conhece todas as letras do alfabeto e as escreve todas em letra de forma, sabe escrever números de 01 á 10 e é só.
Conversei com a prof dela e ela me disse que como pegou a turma depois de uma série de trocas ela tá testando o conhecimento de cada um pra depois começar com tudo pra valer, achei correto, porém demorado né.
Ai gente, será que isso é neurose da minha cabeça de mãe ansiosa e com medo do filho ficar atrás dos outros??? Podem ser sinceras viu!!! Me ajudem!

16 comentários:

Aline e Júlia disse...

Dani querida, acredito que vc esteja meio ansiosa, e não compare nunca as escolas, primeiro precisa entender o método que é utilizado na escola da Natalia! mais uma vez peço que converse com a pedagoga da escola ela te dirá como é o metodo de ensino! casa escola tem um, e por isso casa escola ensina de uma maneira! o primeiro ano é como se fosse a pré escola, mas percebo que a cobrança nas escolas particulares é um pouco maior sim! eles puxam mais, e vc verá isso nas atividades! quanto ao conhecimento da Natalia, criança é uma pagina em branco, o que vc ensina eles aprendem, mas nesta fase incentivar a leitura em casa, comprar jogos de letras educativos facilita sua aprendizagem e reconhecimento, ler sempre os rótulos do que ela consome pode ajuda-la nesta fase de alfabetização. é amiga mas não se angustie assim não, é uma nova fase, e as cobranças para cima das crianças aumentam cada dia!mas natlai é esperta, como é a cobrança é outra ela esta em fase de adaptação, mas é importante ela sentir o apoio de vcs! e vá la na escola conversar com a coordenação pergunte sobre o método, como as crianças serão equiparadas em seus conhecimentos como serão as avaliações, se terá aulas de reforço para aqueles que estão atrasadinhos, sabendo de td isso ja é meio caminho andado para acabar com as dúvidas! e é seu direito pois vc contratou os serviços da escola! leia o contrato! bjus

Rafaela disse...

A Maitê tbm vive pedindo a escolinha antiga e eu acho que é por que essa professora nao deixa ela fazer tudo o que ela quer e nem as amigas que antigamente eram poucas e agora são várias, rs.
A sala da Maitê tem 15 alunos para 2 professoras e elas estudam no Positivo com o mesmo método. Eu gosto!
A Isa conseguiu acompanhar bem, agora veremos a Maitê mais pra frente. rs.
Bjus

Andressa Milani disse...

Tb to de cara já com essa escola. Como eu sou professora acho importante saber da formação do educador, pois existem cursos de pedagogia à distância que sequer são reconhecidos pelo MEC e a capacitação desses profissionais é, a meu ver, um tanto duvidosa. Se eu fosse você pedia para falar com a pedagoga e colocava todas as suas preocupações na mesa. Tomara que dê tudo certo né mana???

Liliane disse...

Danny,suas dúvidas são todas normais,hehehe....Fui na reunião na escola da Duda semana passada,e sai de lá pasma ou eu que sou ultrapassada mesma,olha só:a prof falando que não se corrige mais prova com caneta,e muito menos fazer aquela "X"quando a questão esta errada,se faz um circulo em volta,á lápis,para a criança ter a chance de resolver certo!Disseram que aqueles "x" enorme e em vermelho era vergonhoso para a criança!Hein??Me lembro dos meus "x" e não tenho nenhum trauma!:)
Que se a criança escrever JOsé com "z" não esta errado pq o raciocinio esta certo!Hein??Mas dai vai ficar escrevendo errado???
Caderno de caligrafia é um bicho papão,cada criança deve aprender as letras e depois vem a coordenação!Aff,:(
Letra cursiva??Muito díficil,isso fica para a 3 serie o importante é conhecer e não "escrever emendado"...Tudo isso foi falado na reunião!!Sendo que a prof disse que todos estão ali para aprender,sendo que ela mesma teve dúvida de comom se escrevia "carrossel" e foi olhar no dicionário..Oi???Prof consultando dicionario??Não digo que não possa,claro que sim ,mas...
Não tive coragem de abrir a boca na reunião,de repente ia ser crucificada em peso pelos pais e a prof,mas sai de lá abismada..A Duda sabe ler,mas pelo que vi na primeira série não é todos que saem lendo..
Vou acompanhar as opiniões para ver se eu que estou ultrapassada ou as escolas piraram de vez!!

Heloísa disse...

Danny,
Essa questão de escola é uma das maiores preocupações das mães.
Acho que você não precisa ter pressa no aprendizado.
Para você ter uma ideia, a Isadora, que fará 6 anos no meio de julho, só poderá ir para o 1º ano quando tiver 7 anos completos, ou seja, em 2014.
Por enquanto, nada de alfabetização.
Mas acho que você precisa se interessar pela atuação da escola e sempre procurar esclarecer suas dúvidas com o(a) responsável.
Beijo.

Rafaela disse...

Então a Isa no primeiro ano não reconhecia o som das letras com a grafia e tivemos de colocá-la no contra-turno para ir atrás do prejuízo, pq na escolinha antiga, mesmo usando o sistema do Positivo, eles deixavam muito solto - cada um tem seu ritmo - e quando ela entrou de fato no Colégio Positivo, as outras crianças estavam mais avançadas.

Depois de 3 meses de aulas adicionais oferecidas pelo colégio e trabalhos em casa ela no meio do ano já acompanhava a turma. Ela não é a mais avançada e tbm não é atrasada, ela está no "bolo", no que é esperado para a idade. E é assim até hoje.

No primeiro ano ela já tinha lição quase todos os dias.

A Maitê que tem 4 anos, eu já tirei daquela escolinha que a Isa estudou e espero que ali no Colégio Positivo ela comece bem o 1º ano bem, diferente de como foi com a Isa.

Eu acho que cada criança tem o seu ritmo e é preciso respeitar, mas quando eles entram no ensino fundamental a turma deve caminhar junta, já não funciona mais essa teoria, se não a professora não consegue seguir com a matéria. É preciso uma uniformidade no conhecimento, por isso eu acho que a escola deve respeitar o tempo de cada aluno no início, mas deve ter um acompanhamento caso a criança esteja muito atrasada em relação as outras, pois agora pode não fazer diferença, mas nas próximas séries fará. Pelo menos para a Isadora fez.

Ps. Menina esses caracteres de confirmação são horríveis, já digitei essas letras tortas uma 3x. rs

Juliana disse...

Lindona, vou falar da experiência que tive com Bebel.
Bebel sempre estudou em escola particular (desde os 2 anos e 4 meses), porque aqui a escola pública é muito ruim mesmo. A merenda é um nojo e tal, infelizmente são as desigualdades do Brasil, né?
No primeiro ano escolar foi tudo legal. No segundo, a escola, querendo competir com outras extremamente competitivas que tem aqui na minha cidade, onde a criança aprende a ler com 5 anos, começou a pressionar demais as crianças com 3 anos. Pra elas aprenderem a ler com 5. Começou a ensinar letra cursiva (e como a coitadinha de Bebel ia aprender letra cursiva, se não sabia nem letra de forma?), fazer caligrafia, cobrir milhares de letras, e ensinar a ler os encontros vocálicos. Um horror!!!
Bebel pirou. Vomitava pra não ir a escola, chorava horrores, roía unha, voltou a fazer xixi na cama, vivia cheia de aftas. Levei pra homeopata e pro pedi e eles foram categóricos: TIRAR BEBEL DESSA ESCOLA O QUANTO ANTES!
Tirei. Procurei em várias escolas daqui. E vi que tem escola de todo tipo. Tem aquelas que exigem muito das crianças, criam mini robôs sabe? Criam crianças noiadas e competitivas. E outras mais light, que respeitam o tempo da criança, sem pressa ou pressão. Optei por uma assim. Quero que Bebel aproveite a meninice.
E foi a melhor escolha que fiz. Bebel voltou a gostar de ir pra escolinha. A sentir prazer em aprender. E em casa, vai vendo as letrinhas no livro, tentando descobrir que letra é. Acho lindo esse prazer.
Danny, sei que mãe sempre fica preocupada, mas não fique com medo da Nathalia ficar atrasada não! Atrasada em relação a que? Pra que uma criança aprender a ler antes do tempo, na base da pressão? Não importa se aprende a ler com 5 ou com 6. Vai aprender e só vai fazer vestibular no tempo certo, com 17, 18, não é? Além disso, é melhor perder um ano e gostar de estudar. Que ser adiantada e ter traumas quanto ao estudo.
A Nathalia é super inteligente e quando chegar o tempo dela, ela vai aprender tudo. E ser muito estudiosa.
Agora, se você está com medo da escola não ser boa, vai dar uma olhadinha em outras. Mas, antes, escolha que tipo de escola você quer. Você quer uma que pressione a Nathalia pra aprender logo, que faça prova e tal. Ou você que uma mais leve, que estimule o lado lúdico e deixe a criança a vontade pra usar a criatividade e aprender no seu tempo.
Tendo a sua escolha, dá uma olhadinha em outras escolas, porque isso te dará mais segurança.
Sim, e fala com alguma mãe que a criança tenha se alfabetizado nessa escola. Pergunta se a criança aprendeu a ler direitinho. Se gosta de ler e tal...
Mãe que é mãe tem que está sempre informada, né? kkkkk...
Bjos!
Juliana Almeida
www.blogdabebel.com.br

Paula disse...

Dani, não se preocupe tanto na sala da Maria Clara tem 20 alunos.
este ano ela vai aprender letras de forma e números até 20 e esta no jardim 2 ano que vem vai para o pré.
observa este ano, mas como no ano passado ela não aprendeu muito, então a prof. tem que ver como esta a sala assim ela não sofre, pior seria se estivessem mais adiantado e ela não conseguir acompanhar, mas não é o caso,tenha paciência o primeiro semestre é assim, depois todos seguem e ai sim que vai ver quem tem dificuldades.
ainda é cedo para saber se a Nathália vai ficar atrasada.

tenha calma o importante agora e ela se acostumar com a nova escola e ajudar ela não ter tanta saudade da creche e quando realmente as novas matérias começarem ela já esta adaptada na nova escola.

beijos

Diário da mãe e da filha disse...

Dani, amiga, acho que está ansiosa, rs.
Amiga acho que o melhor a se fazer e conversar com a pedagoga.
Mas acho que se você ver que até junho mais ou menos ela ainda estiver assim, quase sem avanço acho melhor trocar de escola, mas espere um pouco. Na minha opinião.

Acho que ainda é cedo para saber se a Nathalia está atrasada.

Concordo com a Ju! Veja com outras mamães que tiverem os filhos alfabetizados nessa escolinha.

Fique calma! Qualquer coisa me grita

Beijos
Lilia

Cristiane disse...

Se é mãe, dúvidas pra sempre. Olha acostumar acostuma porque escuto isto um milhao de vezes de maigas. Mas olho só, a escola do Bruno também teve troca de professores e principalmente de porteiros. aff... Eu não gosto disso, parece que os donos não se importam, não fazem questão dos funcionários e eu acho que manter é bom, valorizar!!! Desenrola até o trabalho deles porque todos os dias ter que ensinar o trabalho. Mas o problema lá está para a sala de 2 e 3 anos . Se o Bruno estivesse lá eu iria achar ruim porque os menores sofrem mais de adaptação. Mas acho também que alfabetizar tem que ser com calma e a professoras conhecer cada um é uma boa. E como você tá em casa aproveita pra incentiva-la fazendo muita rarefa com ela e apoiando. Bjo mãezona!!! Cris

Lilian disse...

Oi Danny!! Li seu post e confesso que fiquei tentando me colocar no seu lugar.A escola do Pedro (SESI) é a que ele estuda desde que entrou na escola, com 2 anos. Eu confio bastante no sistema de ensino deles e nunca tive esse tipo de questionamentos que vc está tendo. Mas tb confesso que eu sou relax demais até. Se eu ver que ele não progride eu vou atrás, mas o rendimento dele é bom, ele sabe ler desde o ano passado e como minha mãe e minha sogra são professoras de ensino fundamental aposentadas, eu sei que aprender a escrever demora um pouquinho mais. Aconselho vc a dar tempo ao tempo. O ano letivo mal começou, espere e se ver que ela não progride mesmo, principalmente fazendo uma comparação com crianças de outras escolas, vá a fundo saber no que pode melhorar. Afinal é o futuro e desenvolvimento da sua filha né?! Super beijo, a Nathalia está linda demais. beijoca

Lilian disse...

p.s.: na sala do Pedro tb tem 25 alunos. Sempre teve, desde o infantil. hehe

Cléo disse...

Oie prima, quando envolve o bem estar de nossos pequenos sempre queremos o melhor, mas acho que o fato de ela ter ficado muito tempo com os outros amiguinhos e com a outra prof, ela sinta muito no começo,mas creio que ambas se acostumam, mas claro vale a pena ficar de olho. Ainda vou passar por isso. Beijos e vocês

Adriana disse...

Acho que o assunto "escola" sempre nos tira o sono não é? porque a gente sempre idealiza o melhor para a vida dos nossos filhos e infelizmente a maioria das coisas fogem do nosso ideal.

Bom, eu trabalho em uma escola há 15 anos e vejo muitos pais descontentes mas geralmente esses burburinhos sempre ficam do portão pra fora, eu sou do time das mães chatas, prometeu e não cumpriu (como o caso do número de alunos em casa sala) tem que ir atrás, cobrar, pedir explicação. Por lei esse número de alunos exige uma professora e uma auxiliar em sala de aula.

O 1° ano atual é sim o antigo pré....eles não alfabetizam, ao menos não aqui, a alfabetização de dá no 2° ano, para crianças com 7 anos de idade. Então não ter uma letra cursiva é normalíssimo nessa idade!!!

Giulia também sente saudades da escola antiga, da profe que ela tanto amou por lá, fala sempre neles, diz "minha outra escola"....mas não foge do normal, ela também gosta bastante da escola atual.

Agora! eu, ao contrário de vc, ADORO as professoras boazinhas, daquelas bem meladas e carinhosas sabe? eu acho que elas podem sim unir isso ao respeito e domínio de turma, as crianças tem de gostar do seu profe e ter nele um vínculo afetivo, afinal de contas passam com eles grande parte do tempo.

bj

Rafaela disse...

E ai me conta, decidiu alguma coisa?
Estou curiosa para saber os próximos capítulos, rs.
Bjus
Uma ótima semana para vc!

Kariny disse...

Xii amiga, imagino a sua preocupação, ansiedade, confusão! Realmente a escolha da escola é uma decisão difícil, mas creio que cada uma tem seu método! Não fique ansiosa, não se preocupe, as coisas estão começando agora e como vc mesma disse, a Nath ainda nem se adaptou muito bem! Logo, logo ela pega o ritmo das coisas, você também, e aí sim poderá decidir as coisas com mais calma, espere mais um pouco! Beijinhos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...